5 maneiras de começar seu negócio de cosméticos com pouco dinheiro

Você pode pensar que é impossível ter uma marca de cosméticos quando olha para os gigantes do mercado. Ou mesmo imaginar que para entrar nesse mundo é necessário um capital inicial sem tamanho. A boa notícia é que com uma boa estratégia e muita disposição é possível sim, com pouco dinheiro e sozinho, começar um negócio rentável e altamente escalável.

E-BOOK GRÁTIS – COMO CRIAR UMA MARCA DE COSMÉTICOS

Usando a filosofia “Vai Lá e Faz” (Vai lá e faz, Como empreender na era digital e tirar ideias do papel – Tiago Mattos – BelasLetras) e com a ajuda de uma boa indústria de terceirização, tudo o que você precisa é dedicar um tempo para entender o segmento onde vai atuar. Para isso, é calçar os sapatos e visitar os futuros clientes, saber quais produtos eles usam, de quais marcas, quanto tempo levam para comprar novamente e, principalmente, que problemas eles tem que você poderia resolver. A partir daí, é sentar com seu parceiro fabricante, definir uma estratégia, levantar os custos e mãos na massa.

A seguir, cinco bons nichos para você começar seu negócio de cosméticos:

  • CABELEIREIROS

Segundo o Sebrae, o Brasil já possui quase 600 mil salões de beleza (números de 2016). Em sua maioria, pequenos espaços com apenas um profissional. Mesmo com a crise dos últimos anos, esse número continua a subir.

Embora seja um mercado de grande concorrência, o relacionamento vendedor/cliente é quem define a maioria das compras. Sentar com o profissional, mostrar os seus produtos, marcar demonstrações e deixar amostras são bons caminhos para começar. Porém, o que vai definir se ele vai se tornar um cliente ou não é a quantidade de cafezinhos que você bebe em seu salão. Pode parecer brincadeira, mas não é. Visitas frequentes e uma abordagem tranquila e despretensiosa são fundamentais para conquistar esse público.

Sobre o mix de produtos, procure desenvolver linhas com bons apelos comerciais e principalmente que tragam inovação. Cabeleireiros adoram novidades. Invista nisso.

  • CLÍNICAS DE ESTÉTICA

Cada dia mais, os cuidados corporais e faciais fazem parte da nossa rotina. É desejo comum manter uma aparência jovem e saudável. Além disso, muitas pessoas buscam nos variados tipos de massagens relaxantes, um momento de alívio do estresse e renovação de energia. Por estes motivos, o número de clinicas de estética e de profissionais autônomas não para de crescer.

Esse mercado tende a ser mais exigente. Como muitos tratamentos são terapêuticos, produtos com apelos medicinais tendem a ter maior sucesso. Linhas naturais e aromáticas são bons caminhos, mas alta tecnologia também é um bom argumento.

A relação com esses profissionais é um pouco mais séria e direta. Mas um bom follow up não deixa de ser fundamental para conquistar uma boa carteira de clientes nesse segmento.

  • BARBEARIAS

Tendência nos últimos anos, barbearias são o segmento da vez no mercado de cosméticos. Sim, os homens estão se cuidando mais e movimentando bilhões por ano em beleza e bem-estar. Espaços estilosos, cheios de personalidade e com múltiplos serviços tem atraído o público masculino.

Apesar de estar em ampla expansão, esse mercado exige uma pesquisa bem aprofundada, pois é preciso acertar no apelo para ter sucesso. Eles se cuidam sim, mas não abrem mão da masculinidade. Produtos específicos, como linhas para barba são os carros-chefes desse mercado, mas isso não quer dizer que os cuidados com a pele e o cabelo devem ser ignorados.

Acerte na proposta, invista no visual e, como esses homens gostam de dizer, tenha atitude.

  • ESMALTERIAS

As esmalterias são uma segmentação de certo modo recente no mercado da beleza. Tradicionalmente um serviço oferecido por salões de beleza, ganhou força com a busca dos clientes por atendimentos especializados.

Envolvem, além da esmaltação, cuidados com os pés e as mãos, unhas artísticas, entre outros serviços correlatos. Assim como no segmento de cabeleireiros, investir no relacionamento é muito importante para conquistar esses clientes. Além de estar atento a todas às novidades do mercado, que vão desde produtos até adesivos.

Entenda toda a cadeia de valor que esse segmento agrega e crie novas soluções.

  • SEX SHOPS

Embora ainda tabu para muitas pessoas, o mercado de Sex Shops há muito tempo já conquistou seu espaço. Tanto com lojas físicas especializadas, como através da venda direta por catálogo.

Cosméticos para esse mercado tem regulação um pouco mais detalhada, mas nada que uma boa indústria de terceirização não resolva. No desenvolvimento da linha, produtos com apelos multissensoriais tendem a fazer sucesso. Capriche nas cores, fragrâncias, texturas e até no sabor.

Ser sex, mas divertido, pode fazer toda a diferença nesse mercado.

 

Anúncios

1 comentário Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s